Sobre a Associação

História

A Associação Brasileira dos Produtores de Mogno Africano nasceu em 2011, da união dos silvicultores do gênero Khaya em solo brasileiro. Sonhadores, investidores, pioneiros, sentiram a necessidade de se unirem e se organizarem em uma  associação que viesse atender suas necessidades, dividir os poucos conhecimentos que se tem da espécie, em solo brasileiro. Esta união os trouxe até aqui, em muitos anos de compartilhamento, de amizade e generosidade em dividir as informações geradas estudadas, e pela prática experimental de cada um. Esta mesma necessidade e o sucesso deste tipo de comportamento, gerou um grupo extremamente unido, engajado e muito proativo.  Tornaram-se referência no cultivo desta espécie no Brasil.  Com o apoio da Diretoria da ABPMA, estes associados vêm se destacando no cultivo de Mogno no cenário nacional e internacional.

Quem somos

“É com muita satisfação que a ABPMA não mede esforços para estar sempre presente para os associados. Sentimos muito orgulho de nossos associados produtores de Mogno Africano. Desbravadores, apaixonados pela natureza, investidores corajosos, criaram a ABPMA para democraticamente dar apoio à todos estes produtores, do pequeno ao de maior porte, em todos os estágios de seus plantios.”

A Associação é formada por uma Diretoria Executiva e grupos diversos  criados para desenvolver e resolver assuntos de interesse. Aproveitando as habilidades profissionais dos associados, a  Diretoria organiza e convida os  associados a  comporem  estes grupos. 

 Membros da atual Diretoria Executiva:

Presidente: Ricardo Ribeiro Tavares 
Diretora Executiva: Patricia Alves Fonseca
Diretores e Conselheiros: André Baduy, Flavius Rubira, 
Luciana Maluf, Paulo Sabonge, Paulo Cardoso, Raphael Cruz, Ricardo Mezonato.

Objetivo

A ABPMA veio para unir os produtores em um grupo de membros e corpo técnico que somam forças juntos, e agregam qualidade e confiança nas etapas de produção à comercialização da espécie. Sendo a casa e a comunidade do produtor brasileiro, nosso principal objetivo é o sucesso do produtor. Nossas demais objetivos:
- Incentivar e difundir técnicas e pesquisas para os associados
- Incentivar boas práticas e a sustentabilidade no campo
- Criar e man t er uma comunidade de troca entre os produtores, reforçando o espírito associativo.
- Ser fonte de informação verdadeira e idônea
- Promover seminários, encontros e reuniões entre os associados e para convidados
- Ser um elo de ligação entre as Universidad es, os pesquisadores e o produtor

- Ter presença em eventos , feiras e missões, nacionais e internacionais da área
- Auxiliar no planejamen to do associado para comercialização individual e em conjunto
- Divulgar incansavelmente o Mogno Africano para que seja reconhecido e bem precificado no mercado nacional.

- T ornar o Brasil o maior produtor de mogno africano do mundo. 
- Fomentar e enfatizar a mudança de mentalidade do que foi o mogno brasileiro, uma madeira proibida e em extinção, para o mogno africano, uma madeira exótica, se ndo produzida em escala, sustentável e acima de tudo certificada.

POR QUE SER UM ASSOCIADO?

Um  dos nossos objetivos é criar laços entre os plantadores, pois acreditamos que um futuro de sucesso dependerá da soma das forças: de trabalho para produção de uma madeira de qualidade, da troca de informações para minimizar perdas, do planejamento para a comercialização e geração de lucros.   Entre os muitos Benefícios de ser um Ass ociado podemos citar o s grupos forma dos e  organizados por assuntos, onde o associado tem amplo e livre espaço para participar e questionar.

O sucesso dos produtores é o principal objetivo da ABPMA. Para alcançarmos este objetivo, faremos desta Associação a sua casa, a casa dos produtores.